(re)Criar um blog em 2020. Sério? Já não há aplicativos demais para facilitar a publicação de conteúdo na internet? Ou há tempo (e atenção) de menos para manter um?

Admito que, em um primeiro momento, a vontade, que existe há algum tempo mas que só se materializou agora, veio do recorrente desejo de abandonar os “jardins murados” das redes sociais. Ter, mesmo que ainda em ilusão, a sensação de controle de volta. “A internet está lá fora”, era como um mantra que repetia para mim (e para os próximos também) com o objetivo de não me entregar totalmente à loucura do algoritmo dessas redes.

Sim, há uma ingenuidade aí. Talvez esteja trocando um algoritmo por outro, talvez sejam iguais. Talvez não. Mas a ingenuidade e o colocar a mão na massa foram duas características que moveram a web desde a sua criação.

Por falar nela, mesmo que o número de domínios registrados continue crescendo a cada ano (em velocidade menor, é verdade), boa parte desses registros, cerca de 75%, são apenas isso: registros para possíveis vendas futuras.

https://www.internetlivestats.com/total-number-of-websites/

Mas, afinal, por que estamos fazendo menos nossos próprios sites? Ou é só uma impressão? O self-service das redes sociais fica cada vez mais confortável e automatizado. Por um lado, torna mais acessível a publicação de conteúdo, por outro, mais centralizador e mais dependente. O WordPress continua sendo a plataforma mais popular de gerenciamento de conteúdo com mais de 60% do mercado. Longe de uma crise, mas é possível ver que a partir de 2017 há um declínio na quantidade de posts em blogs por mês na plataforma.

Posts por mês no WordPress. De out 2006 a jun 2020

O oligopólio da web, concentrando o fluxo de tráfego na mãos de poucas empresas, talvez fosse inevitável com o caminho escolhido de financiamento baseado em anúncios e propagandas. Boa parte dos acessos acabam passando pelos grandes “hubs”, seja uma pesquisa no Google ou uma discussão no Reddit.

Muito já se falou sobre a nova fase da web que vivemos nessa última ´década. Da exaltação à condenação: as redes sociais já foram escolhidas como “pessoa do ano” pela Time e agora para elas são apontadas os dedos das mãos que buscam culpados e explicações pra os tempos que vivemos. Já pisei nos dois extremos. Já fiquei maravilhado com a velocidade das coberturas pelo Twitter, e já fiquei enfurecido com o fato de o Instagram não permitir hiperlinks. Hoje entendo que cada um tem o seu papel. Há espaço para os jardins, com suas características mais restritivas, e também para o caos do espaço público da web aberta. Mas é preciso valorizar os espaços que não só permitem como estimulam a conexão. O dentro com o fora, a rua com o quintal.

A estrategia de cercar as pessoas em jardins ou currais não é nova, é claro. Os grandes portais estão presentes na web ao menos desde a década de 90. Mas por razões técnicas e sociais, a situação hoje parece mais crítica. Talvez porque cada vez mais há uma confusão entre internet e redes sociais. E também porque as novas gerações já configuram a sua noção do que é a web pelo filtro do app mais popular do momento. E, por fim, não há como negar que o algorítimo dessas redes ficam cada vez mais sofisticados e perversos.

Nada mais simbólico que (re)começar com um textão. Dessa vez, textão de blog.

Some people say that as long as the web is based on advertising it’s never going to come to a good end. There are some people who say that advertising is the Internet’s original sin. But maybe people will decide that they want to live in an ad-free world, and will do that by paying for it. I think that there is a backlash coming, that there will be systems which are not advertising-based. But there will still be systems that are. The web is full of lots of different things.

Tim Berners Lee – https://time.com/5549635/tim-berners-lee-interview-web/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s