Análise de dados de comunidades online

Em 2012, juntamente com os pesquisadores Rodrigo Pazzini e Darlinton Carvalho, realizei, para o Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês, um estudo que buscou revelar as motivações para o início e para o fim do consumo de drogas através de análise de dados disponíveis na Internet.

A partir dos dados coletados, foi possível estudar questões mais específicas sobre quais são os fatores de aproximação às drogas; quais são os pontos de virada que levam à busca por tratamento; quais são os fatores de manutenção da abstinência; quais fatores favorecem a recaída; quais são as críticas à atuação do Estado no tratamento dos adictos; e qual tipo de ajuda os codependentes buscam.

O trabalho começou pela definição do escopo da pesquisa, seguida por coleta e tratamento de dados, passando pela escolha de metodologia e análise das informações. As conclusões foram apresentadas em um evento que contou com a presença do Roberto Tykanori, então Secretário Nacional de Saúde Mental do Ministério da Saúde.

Ensaio e piloto
Com o objetivo de testar a metodologia aplicada (Discurso do Sujeito Coletivo) foi realizada previamente uma pesquisa, também em comunidades virtuais, sobre a procura por informações sobre uma doença crônica na Internet.

O trabalho teve também o objetivo de testar ferramentas de visualização de dados disponíveis na internet. Um dos recursos mais utilizados foram aqueles que então eram disponbilizados pelo Many Eyes, da IBM. Atualmente, infelizmente, a plataforma não existe mais.

A pandemia e os hábitos digitais

A discussão sobre o novo normal se dá também nas nossas rotinas digitais. Com a semi-temporária redução do deslocamento urbano, já estamos observando um ressurgimento das telas grandes. Nos últimos meses, Facebook, Netflix e YouTube tiveram seus números nos aplicativos estagnados ou reduzidos, enquanto o acesso aos respectivos sites cresceu. Talvez seja um momento em […]

Read more “A pandemia e os hábitos digitais”

Um recomeço

(re)Criar um blog em 2020. Sério? Já não há aplicativos demais para facilitar a publicação de conteúdo na internet? Ou há tempo (e atenção) de menos para manter um? Admito que, em um primeiro momento, a vontade, que existe há algum tempo mas que só se materializou agora, veio do recorrente desejo de abandonar os […]

Read more “Um recomeço”

Get new content delivered directly to your inbox.